Exercita a paciência...

Postado por Mariana Monteiro da Silva sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Engraçado como algumas situações me fazem refletir sobre paciência.

Normalmente barulho me incomoda bastante, me deixa um pouco desequilibrada, perco o foco da conversa. Algumas vezes me deparo com uma situação onde eu não posso interferir na melhora desse barulho, pois não é em casa por exemplo, e o que posso fazer?? Simplesmente observar e exercitar a paciência...simples assim...na teoria!

Meu pai é uma pessoa muuuuito paciente, as vezes penso até que é um pouco passivo, e aprendo muito sobre paciência com ele.
Ele não tem pressa para fazer as tarefas, faz sempre com presença no momento, ama cuidar do seu jardim, e com isso é necessário ter paciência para deixar florir!

Ele sempre diz "Fique tranquila Mariana, no final tudo da certo!" e isso me tirava um pouco do sério em algumas situações, e olha la que na minha pós, o querido professor Marcos dizia, "Existe um ditado indiano que fala: No final, tudo da certo, se não deu certo, é porque ainda não chegou no final!". Mais uma vez, meu pai estava certo em exercitar a paciência, aprendi que não tenho nada a perder com isso!

O yoga nos ensina muito bem isso através da permanência nas posturas, através da paciência para aprender a relaxar em uma postura que exige mais de mim, através da paciência em esperar que as consequências comecem a aparecer, em aguardar a respiração se normalizar, ficando mais tranquila.

Moro em uma bairro ótimo para treinar a paciência!
Ha uma grande concentração de idosos.
Acho tudo uma graça! Eles não tem pressa ao caminhar, ao ir ao mercado, ao dirigir! Acho isso ótimo, sair com pressa aqui, esqueça!!
Esquecer de pesar algo na quitanda e descobrir ja na fila para pagar, a moça do caixa espera, a fila espera, você espera (ou sai correndo com o cacho de banana na mão, quando quem esqueceu foi você!!!), todo mundo espera sem fazer cara feia, e a moça do caixa ainda orienta "Não precisa correr não, va tranquila!"
Esses dias perguntei se não havia mais a marca tal de macarrão, e ela gentilmente falou "Enquanto você pesa a banana (que havia esquecido, rs) eu vou la me informar" e la ficou a fila aguardando, rs.

Acho que deveríamos desacelerar sempre, não só no tempo de uma hora de aula, uma, duas ou três vezes na semana!

Uma outra boa maneira de exercitar a paciência que observo, são as barbaridades no trânsito que vejo, e olhe que eu nem dirijo!!! E também quando vejo algo que, para mim, não é o correto.
Por exemplo, quando acontece algo errado no trânsito, a primeira reação é xingar, nem que seja bem baixinho. Eu tento pensar que aquela pessoa tenha consciência para não cometer aquela grosseria, aquele erro, aquela baita falta de educação novamente.
Assim como brigas, que as pessoas tenham consciência em tentar melhorar, resolver, sem gritos, sem aflições, sem palavras não muito agradáveis.
Tento me colocar no lugar do outro, a visão, sem dúvida da situação irá mudar!

Minha irmã sempre dizia quando eu era mais nova "Demorou nove meses pra nascer e agora está com pressa"rs, é mais ou menos por aí mesmo!
Uma vez estava tranquilamente escolhendo o que iria acrescentar em meu chocolate quente, quando olhei pra trás e havia uma certa fila me esperando pacientemente.

Observe que tudo é paciência, a gestação exige muita paciência em aguardar a hora em que o bebê está pronto para nascer, no momento dele, e não quando você escolher. Aguardar o bolo ficar pronto, aguardar a planta florir, a visita chegar, o Natal chegar, um enfermo se recuperar...

Algumas vezes me deparo com situações que dão, aparentemente, tudo errado. 
Um mega trânsito, uma rua que virou contra-mão, uma visita que chegou sem avisar, e prefiro acreditar que foi para livrar de alguma coisa ruim.

Como diz a Pitty na música Pulsos:
Tenta achar que não é assim tão mal, exercita a paciência, guarda os pulsos pro final, saída de emergência. 

Que não seja a sua saída de emergência...

"Se te contentas com os frutos ainda verdes, toma-os, leva-os, quantos quiseres.
Se o que desejas, no entanto, são os mais saborosos, maduros, bonitos e suculentos, deverás ter paciência. Senta-te sem ansiedades. Acalma-te, ama, perdoa, renuncia, medita e guarda silêncio. Aguarda. Os frutos vão amadurecer." Prof. Hermógenes.

Mãos em prece,
Namaste.







QUEM SOU EU?

Minha foto
Mariana Monteiro da Silva
Meu nome é Mariana, sou bacharel em Educação Física pela universidade Uirapuru Superior e pós graduada em Yoga pela FMU.
Meu primeiro contato com a filosofia aconteceu no período da faculdade, e pensei que além de apreciar o yoga como aluna, poderia passar adiante essa filosofia de vida. Ministro práticas há mais de cinco anos.
Sou vegetariana pelos animais desde então, e vejo o bem que fiz não só a eles, mas ao planeta também!

_/\_ Namaste.
Visualizar meu perfil completo

SEGUIDORES