Pão sem queijo

Postado por Mariana Monteiro da Silva segunda-feira, 24 de março de 2014 1 comentários

Estava muito curiosa para provar essa receita...e vale a pena!

Ingredientes:

2 xícaras de polvilho doce
1/2 xícara de polvilho azedo
2 xícaras de batatas cozidas e amassadas
sal a gosto
1/2 xícara de água filtrada
1/3 de xícara de óleo
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:

Coloque a água e óleo para ferver. Misture os polvilhos, o sal e, quando a água estiver fervente, escalde os polvilhos, mexendo rapidamente. Junte a batata amassada e amasse bem até que fique uma massa lisa. Adicione o fermento em pó e misture bem, até incorporar na massa.
Unte suas mãos com um pouquinho de óleo e faça bolinhas do tamanho que desejar. Asse em forno quente, até que fiquem amarelinhos.
Podem ser congelados.
















Bom apetite!

| edit post

Aula 23 de março

Postado por Mariana Monteiro da Silva domingo, 23 de março de 2014 0 comentários

Mais um encontro!!

Grata a todos que participaram da prática hoje!



_/\_ Namaste.

| edit post

Dia Mundial da Água

Postado por Mariana Monteiro da Silva sábado, 22 de março de 2014 0 comentários

Pense nisso:


A produção de carne tem alto custo para o meio ambiente.

Segundo um relatório de 2012 do Instituto de Engenheiros Mecânicos a produção de bife usa 50 vezes mais água do que a produção de vegetais.

29% da pegada hídrica (indicador do uso de água na produção e consumo de bens e serviços) do setor agropecuário estão relacionados com a produção de origem animal. O bife é responsável por 1/3 desta porcentagem.

Para se ter uma ideia, para produzir 1 kg de bife são necessários em média 15.415 litros de água.

Em contrapartida, a produção de 1 kg de arroz requer 2.497 litros de água.

Outros dados impactantes:

140 litros de água para uma xícara de café
184 litros de água para 1 kg de tomates
1.000 litros de água para 1 litro de leite
5.000 litros de água para 1 kg de queijo
10.000 litros de água para 1 kg de hambúrguer.

Retirado da Revista dos Vegetarianos

| edit post

Convite

Postado por Mariana Monteiro da Silva sexta-feira, 21 de março de 2014 0 comentários

Domingo tem yoga no parque!

Nosso encontro acontece na pista de caminhada no parque Campolim as 9:30.
Aula gratuita!
Convide seus amigos e familiares!
Leve seu apoio para o chão e boa prática!

_/\_ Namaste.

| edit post

Prática 16 de março

Postado por Mariana Monteiro da Silva domingo, 16 de março de 2014 0 comentários

Muito bOoommmmmm iniciar a semana dessa maneira!!!!

Grata pela presença de todos!!!


_/\_ Namaste.

| edit post

Convite

Postado por Mariana Monteiro da Silva sexta-feira, 14 de março de 2014 0 comentários

Domingo tem yoga na pista de caminhada no parque Campolim as 9:30!

Vamos?
É só chegar com seu apoio para o chão, mat, canga, colchonete, toalha e praticar!
Convide seus amigos e familiares, todos são bem vindos ao grupo!
Aula gratuita!

_/\_ Namaste.

| edit post

Aula 09 de março

Postado por Mariana Monteiro da Silva domingo, 9 de março de 2014 0 comentários

Mais um domingo com prática de yoga!
Obrigada pela presença de todos!


_/\_ Namaste.

| edit post

Convite

Postado por Mariana Monteiro da Silva sexta-feira, 7 de março de 2014 0 comentários

Aquietar a mente, se manter mais tranquila, mais focada, menos ansiosa, equilibrar corpo e mente, fortalecer o interior, melhorar a coragem...

Essas são algumas das consequências que uma prática de yoga pode trazer!

Vamos nos aquietar um pouquinho praticando yoga no parque Campolim domingo as 9:30!
Começamos bem o domingo em uma manhã agradável!
Leve seu apoio para o chão.

Até mais!
_/\_ Namaste.

| edit post

Meditação

Postado por Mariana Monteiro da Silva terça-feira, 4 de março de 2014 0 comentários

Ela não tem contraindicação nem efeitos colaterais adversos. 


Pode aliviar uma dor persistente, melhorar e aumentar a concentração e a serenidade, além de fortalecer o sistema cardíaco e imunológico. Por todas essas consequências, a prática de meditação vem ganhando força nos centros de estudos científicos e não apenas em aulas de yoga, comunidades alternativas ou centros budistas.

A prática de meditação vem ganhando espaço em hospitais para alívio da dor e para superação de algumas doenças como o câncer. A professora de yoga Maria Ester faz um lindo trabalho com crianças com câncer no hospital Albert Eintein (https://www.facebook.com/mariaester.azevedomassola?fref=ts).

A verdade é que a meditação pode ser praticada por qualquer um...do empresário atarefado à vovó aposentada.

A Universidade de Harvard afirmou em uma pesquisa científica que a prática regular de meditação aumenta a espessura de algumas regiões do cérebro associadas à atenção (a respeito da meditação dos efeitos da meditação no cérebro), além de deixar o praticante mais atento e focado nas tarefas do dia a dia. 

Nessa mesma Universidade existe um clube onde o objetivo é criar condições para os alunos viverem de modo mais atento reflexivo e habilidoso, capazes de tomar decisões inteligentes e bem pensadas, já que a capacidade de concentração é algo indispensável para estudantes. 

Outro benefício comprovado da meditação é sua capacidade de fortalecer a saúde. Fato já reconhecido por médicos de diversas áreas. Essa prática pode complementar tratamentos farmacológicos com técnicas alternativas como o yoga, resultando em menos estresse e mais saúde.

Pode ser respirando, dançando ou repetindo uma oração. A meditação tem várias formas, a escolha do estilo vai depender do gosto de cada um. No fim o objetivo é sempre o mesmo: aquietar a mente.

Mas, por mais simples que isso possa ser, para muita gente é quase impossível não se envolver nas diversas obrigações do dia, nas contas a pagar, no cardápio do jantar... dificultando qualquer tentativa de quietude. Segundo o Monge Gen Kelsang Tsultrim, essa inquietação ocorre porque as pessoas estão muito bem treinadas a fazer o oposto do que sugere a meditação, ou seja, focar em uma coisa apenas. 

Como somos multitarefas, porque a sociedade nos cobra isso, quando tentamos meditar, prevalece a tendência de movimento contínuo e sentimos dificuldades em focar, em domar a nossa mente. 

No caso do yoga, os próprios pranayamas e as posturas, interferem no estado físico e mental, é como se o relaxamento provocado pelos alongamentos pudesse ser transferido à mente. É esse conjunto de técnicas, chamado de hatha yoga, que nos leva a um estado de calma e silêncio interiores. Não há nada de místico ou sobrenatural, são técnicas que precisam ser aprendidas e praticadas com regularidade para que o aluno sinta seus efeitos. 

Quando uma pessoa estourada, estressada começa a praticar sistematicamente a meditação, ela começa a mudar esse padrão e se torna uma pessoa que lida melhor com as próprias emoções, agressividade e impulsividade. A meditação leva o indivíduo a ter controle sobre o emocional porque há uma mudança no padrão de comportamento. Você passa a enfrentar e compreender a realidade com serenidade não significando baixar a cabeça, engolir sapos ou fingir que está tudo bem. 

Você pode começar com dois minutinhos diários e ir aumentando no seu tempo. O importante é sempre se respeitar. 

Sente-se confortavelmente e boa prática!

_/\_ Namaste.

Texto extraído e modificado da Revista dos Vegetarianos julho de 2012.

| edit post

Receita

Postado por Mariana Monteiro da Silva segunda-feira, 3 de março de 2014 0 comentários

Um drink para o carnaval!

Ingredientes:

1 limão inteiro com casca
2 a 3 colheres de sopa de leite condensado de soja
Meio copo de água (do mesmo copo)
Gelo

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador, coe e sirva!
Pronto, simples assim!!!!

Essa receita rende 1 copo.

Boa apetite!

| edit post

Aula 02 de março

Postado por Mariana Monteiro da Silva domingo, 2 de março de 2014 0 comentários

Domingo de carnaval com prática de yoga!!

Grata pela presença de todos!


_/\_ Namaste.

| edit post

QUEM SOU EU?

Minha foto
Mariana Monteiro da Silva
Meu nome é Mariana, sou bacharel em Educação Física pela universidade Uirapuru Superior e pós graduada em Yoga pela FMU.
Meu primeiro contato com a filosofia aconteceu no período da faculdade, e pensei que além de apreciar o yoga como aluna, poderia passar adiante essa filosofia de vida. Ministro práticas há mais de cinco anos.
Sou vegetariana pelos animais desde então, e vejo o bem que fiz não só a eles, mas ao planeta também!

_/\_ Namaste.
Visualizar meu perfil completo

SEGUIDORES