Pra que toda essa agitação?

Postado por Mariana Monteiro da Silva quinta-feira, 16 de maio de 2013

Tive a inspiração de escrever sobre isso com base no que uma aluna me disse esta semana no final da aula. Em sua primeira aula quando terminamos costumo perguntar se a prática foi agradável, se tem dúvidas...e ela me disse que é bem ansiosa e que achou que não ia fluir muito bem a aula e que adorou! E terminou nossa conversa dizendo "Pra que se agitar tanto né?"

Ouço de muitas alunas que acham que não vão conseguir praticar yoga por serem muito agitadas, muito ansiosas e que a prática é muito parada para elas. Normalmente no fim da aula elas adoram e acabam na maioria das vezes retornando. 

A correria do dia-a-dia para algumas pessoas acaba sendo grande. O trânsito que não flui, um atraso acaba enrolando o dia todo, a carga excessiva de trabalho, entre outras coisas fazem com que o estresse aconteça e não passe, resultando em inúmeras consequências como tensão no corpo, mente inquieta, respiração incorreta...

E o que a prática de yoga tem a ver com tudo isso?

Para os ja praticantes de yoga eu nem precisaria explicar, eles vivenciam seus benefícios todo dia, afinal o que aprendemos em uma prática dificilmente não levamos para o nosso dia, mas se você ainda não iniciou a sua prática vou destacar alguns benefícios, pois ficaria o dia todo escrevendo suas consequências.

Durante uma aula de yoga procuramos focar nossa atenção apenas naquele momento, deixando que todas as coisas que acontecem ao nosso redor e nossos pensamentos aconteçam e passem. Com isso ja estamos melhorando nossa atenção e nossa concentração.

Os pranayamas (controle respiratório) fazem com que essa atenção melhore ainda mais, sem contar que todo o corpo se beneficía, inclusive as células!

Os asanas (posturas) trazem a tona as emoções, e é muito importante ouvi-las e deixar que aconteçam, de vez em quando percebo que alguma aluna está chorando durante a aula, e isso é importante, deixar os sentimentos fluirem.

As posturas invertidas (são posturas em que quadris se mantem em um nível mais alto que a cabeça, e não pense que são apenas aquelas em que você se mantem de ponta cabeça!) auxiliam a enxergar as coisas de uma outra maneira.

As posturas de torções também fazem com que a visão seja para os lados e não apenas para frente, sem ver as coisas ao redor.

Equilíbrio é trabalhando também nas aulas, melhorando equilíbrio físico e mental, o que nos dias de hoje é super bem vindo!

Fortalecimento da região abdominal e lombar acontece e é importante esse fortalecimento (não estou me referindo a barriga tanquinho, estou falando de força no abdômen) principalmente para quem fica muito tempo sentado durante o dia, o que pode resultar em má postura e aquela barriguinha indesejada, o que pode ser prejudicial à saúde e também comprometer a estética.

As posturas que envolvem uma grande expansão no peito, ajudam a aumentar nossa coragem, nossa força interna e melhora também a autoestima.

Sem contar no momento que meditamos, agora estou falando daquele momento que apenas focamos a respiração, pois yoga é meditação. Que momento gostoso! Alinhar a coluna, descansar a mente, não focar pensamentos, e olhe que nesse momento ele vem com uma força danada, parece que é só ver que estamos quietinhas, só nos conhecendo, nos observando que ele se instala e faz de tudo pra chamar a atenção, uma coceirinha aqui, um desconforto ali...

As consequências de meditar são muitas! Reduz estresse, melhora o fluxo respiratório, os problemas são resolvidos com mais facilidade, a ansiedade diminui e com isso tudo flui de maneira mais calma e tranquila!

Como dizia Marcos Rojo professor da minha pós graduação, "Com o yoga você terá paciência suficiente para esperar um próximo ônibus que acabou de perder, ou energia suficiente para correr atrás de um."

Hoje ja é comprovado que a prática de yoga em pacientes com câncer e outras doenças melhora o tratamento.

Acho que não custa tentar praticar não é?!

Boa prática!
_/\_ Namaste.

QUEM SOU EU?

Minha foto
Mariana Monteiro da Silva
Meu nome é Mariana, sou bacharel em Educação Física pela universidade Uirapuru Superior e pós graduada em Yoga pela FMU.
Meu primeiro contato com a filosofia aconteceu no período da faculdade, e pensei que além de apreciar o yoga como aluna, poderia passar adiante essa filosofia de vida. Ministro práticas há mais de cinco anos.
Sou vegetariana pelos animais desde então, e vejo o bem que fiz não só a eles, mas ao planeta também!

_/\_ Namaste.
Visualizar meu perfil completo

SEGUIDORES