Kriyas

Postado por Mariana Monteiro da Silva quinta-feira, 11 de julho de 2013

Kriyas são processos de purificação interna e significa algo com aquilo que deve ser feito, basicamente kriya significa limpeza.

"Durante o processo evolutivo, o homem se distanciou da condição natural de pureza, e todas as tradições mostram diferentes processos de purificação que, com seus aspectos higiênicos  e caráter simbólico, têm o sentido mais profundo, que é restaurar esse estado de pureza para realizar o princípio divino no homem."

Neti: significa lavagem. Útil nos casos de desconforto causado por mudanças climáticas, poluição, alergias. asma e resfriados. 
Jala-neti consiste em introduzirmos água morna e levemente salgada nas narinas com o auxílio de lôta. Cura doenças do pescoço para cima.
Sutraneti: Introduzimos um fino cateter de borracha esterilizado por uma das narinas e o pegamos com os dedos pela boca. Em seguida, o friccionamos algumas vezes e o retiramos também pela boca.

Dhauti: Significa lavagem interna. 
Vastra dhauti utiliza-se uma tira fina de pano (musselina) de aproximadamente 7 metros de comprimento e 6 cm. de largura, fervida antes de usar. A mesma, em repouso em água morna com sal, é engolida lentamente, iniciando-se por uma das extremidades. Pode ser praticado com ou sem nauli. Ao chegar ao final da tira, comece devagar a retirá-la pela boca. Todo o processo não deve exceder 10 min. Remove o excesso de mucosidade das paredes do esôfago e estômago.
Vamana dhauti, tomamos de 1 a 2 litros de água morna, levemente salgada (ou com limão) até enchermos o estômago. Inserimos então os três dedos médios na garganta e vomitamos completamente a água. Elimina o excesso de bílis e fleuma.

Basti: espécie de enema. Pode ser praticado com ar ou água. O praticante se senta de cócoras com 1/3 de um tubo curto de madeira inserido no ânus, numa tina com água até o umbigo. Pratica-se o nauli central, para ajudar a água a ser sugada para o reto. Uma vez sugado o suficiente, tira-se o tubo e expele-se a água. Limpa o cólon, auxilia no tratamento das infecções urinárias e ajuda a eliminar gases.

Trataka: olhar fixamente um objeto ( a chama de uma vela, o polegar em movimento ou não, um ponto, etc.) sem piscar. Alivia a tensão mental e nos nervos oculares, melhora a visão e tonifica o mecanismo visual.

Nauli: é o kriya mais importante. É descrito como o destruidor de todas as enfermidades. Partindo de uddiyana bandha, em pé, com os pés afastados e mãos apoiadas nas coxas ja próximas aos joelhos, isolamos os músculos do abdômen num movimento ondulatório. Pode ser feito de maneira central, da direita pra esquerda e vice-versa. Este exercício abdominal serve para limpar o cólon e é uma excelente massagem par os órgãos internos desta região.

Kapalabhati: Significa mente brilhante. Sentado em posição confortável, o praticante contrai o abdômen a fim de expirar, e o relaxa deixando que o ar entre naturalmente, numa sucessão rápida de movimentos. O número de repetições depende da capacidade do praticante. Este exercício estimula a circulação sanguínea e os nervos da região abdominal e do crânio, além de promover a massagem do abdômen e da região pélvis. Tranquiliza a mente e ajuda nas enfermidades respiratórias.

Região de limpeza: 
Craneonasofaríngea: neti, kapalabhati, trataka...
Gastroesofaríngea: dhauti.
Ano-retointestinal: basti, nauli.

Modo de limpeza:
Com ar: kapalabhati, certo tipo de basti.
Com água: jalaneti, basti.
Por fricção de um elemento: vastra dhauti.
Por manipulação de um movimento: nauli, trataka.

Estas técnicas devem ser feitas com a orientação de um professor, ou com uma explicação mais profunda. 

(Retirada do livro "A Essência do Hatha Yoga" e de estudos doados por professor da pós-graduação)


Boa prática!
_/\_ Namaste.

QUEM SOU EU?

Minha foto
Mariana Monteiro da Silva
Meu nome é Mariana, sou bacharel em Educação Física pela universidade Uirapuru Superior e pós graduada em Yoga pela FMU.
Meu primeiro contato com a filosofia aconteceu no período da faculdade, e pensei que além de apreciar o yoga como aluna, poderia passar adiante essa filosofia de vida. Ministro práticas há mais de cinco anos.
Sou vegetariana pelos animais desde então, e vejo o bem que fiz não só a eles, mas ao planeta também!

_/\_ Namaste.
Visualizar meu perfil completo

SEGUIDORES