AULAS MARÇO

  • 05-03 - 9:30 - PQ. CAMPOLIM
  • 12-03 - 9:30 - PQ. CAMPOLIM
  • 19-03 - 9:30 - PQ. CAMPOLIM
Tecnologia do Blogger.

YOGA & VEGETARIANISMO

19 de setembro Dia de Ganesha!

Postado por Mariana Monteiro da Silva quarta-feira, 19 de setembro de 2012


Dia de Ganesha!

Também conhecido como Ganapati ou Vinayaka, Ganesha é o mais popular deus do hinduísmo, nenhuma atividade pode começar sem que primeiro a pessoa tenha reverenciado Ganesha, o deus que remove os obstáculos. Segundo a lenda, o deus de corpo humano e cabeça de elefante, filho primogênito de Shiva e Parvati, foi a escriba dos textos véditos, usando seu próprio marfim como pena. Em um de seus diversos braços, ele carrega um machado que corta todo o mal. A cobra que sempre o acompanha é a guardiã das riquezas da Terra. Nunca se deve pedir nada diretamente a Ganesha e sim ao ratinho que está constantemente com ele. Chamado Musaka, é o secretário mais próximo desse deus, sendo o responsável por encaminhar a ele os pedidos dos seres humanos. A palavra mus significa selar. Os ratos entram nas coisas e a destroem por dentro da mesma maneira que o egoísmo invade silenciosamente nosso coração e nos destrói. A não ser que seja controlado por sabedoria divina, que nos "sela" contra todo mal. Os seguidores de Ganesha afirmam que nunca encontram na vida obstáculos impossíveis de superar. Por isso, ele é o deus dos comerciantes, da prosperidade, da prudência, da política e da sagacidade. 

A história de como Ganesha acabou tendo cabeça de elefante é uma das mais curiosas da mitologia hindu. Shiva era casado com Parvati. Seguindo seu impulso de se isolar para encontrar o caminho da iluminação, um dia ele partiu para um retiro. Parvati estava grávida. Shiva retornou muitos anos depois, quando Ganesha já era um menino. Ao entrar em sua casa sem ser anunciado, foi barrado pelo filho, que ele não conhecia. Sentindo-se ofendido, perguntou a Ganesha: "Quem você pensa que é para me impedir de entrar nessa casa?" e, em sua ira, fazendo uso de seu tridente, decepou a cabeça do menino. Parvati, atraída pelo barulho, ficou desesperada ao ver a cena e explicou ao marido que lhe acabara de matar o próprio
filho. Shiva disse então a ela que se tranquilizasse, porque ele pegaria a cabeça do primeiro ser que passasse na rua para restaurar a vida de Ganesha. Esse ser foi um elefante.

Ganesha tem a cor dourado-avermelhada. Sua barriga grande é decorada com um cinto de serpente. Em geral, aparece sentado em padmasana, a posiçaõ de lótus. Um terceiro olho muitas vezes é adicionado em sua testa, entre as sobrancelhas. O número de cabeças pode chegar a cinco. Os braços variam de dois a dez. Romã, vasilha com água, machado, açúcar, arco e flecha, trovão, rosário e livro são alguns dos objetos que aparecem em suas mãos. Sua Shakti é muitas vezes mostrada sentada em seu colo.

Ganesha também é muito chamado de Gajarana ou Gajamukha – com face de elefantes. Mas a palavra Gaja tem sentido mais profundo do que apenas nomear esse animal. Ga é Gati, o objetivo final em direção ao qual a criação se movimenta. Já significa Janna, nascimento ou origem. Portanto, Gaja significa deus do qual os mundos vêm e ao qual se dirigem, para serem finalmente dissolvidos. A cabeça de elefante é, portanto, simbólica e aponta em direção à verdade.

_/\_ Namaste.

QUEM SOU EU?

Minha foto
Mariana Monteiro da Silva
Meu nome é Mariana, sou bacharel em Educação Física pela universidade Uirapuru Superior e pós graduada em Yoga pela FMU.
Meu primeiro contato com a filosofia aconteceu no período da faculdade, e pensei que além de apreciar o yoga como aluna, poderia passar adiante essa filosofia de vida. Ministro práticas há mais de cinco anos.
Sou vegetariana pelos animais desde então, e vejo o bem que fiz não só a eles, mas ao planeta também!

_/\_ Namaste.
Visualizar meu perfil completo

SEGUIDORES